sábado, 24 de junho de 2017

A loucura de nossos tempos - parte 02


Nos dias de hoje as noticias nao estao emitindo mensagem alguma para nos, nao estao nos fazendo pensar sobre algo importante na vida que venha a refletir no coracao, em nossa existencia, em nossa verdadeira felicidade. Antes, nossa mente esta constantemente ocupada com pensamentos sobre dinheiro, seguranca social, com a  bolsa de valores.

Alguns dentre aqueles que me ouvem protestarao: "Nao estas fazendo o mesmo? Nao queres o aumento do salario? Nao trabalhas por dinheiro tambem? Es contra o dinheiro? Sem dinheiro nao se pode fazer nada!"

Sim, meus amados, mas o dinheiro nao eh o que esta faltando para se encontrar a felicidade. Olhem! Oro para que encontrem o trablho que desejem, e recebam o dinheiro necessario, que o salario nao seja tirado, mas saibam que isto nao constitui a felicidade em si mesma. Estamos errados se equacionamos e conectamos a felicidade com coisas deste genero.

Voce se levanta de manha e liga as noticias da manha, os comentarios matinais. Desde o comecinho do dia sua mente eh bombardeada com mensagens: politica, mercado, economia, repotagens policiais sobre como as pessoas sobreviveram, quantas foram mortas, onde estao em guerra, quem vai ficar com qual partido, quem vai ficar com o outro, quem vai governar, como vao os eletronicos - realmente pensa que tudo isto vai te fazer feliz? Em verdade, se pensares com calma, vai ver que isto nao tange tua propria vida, teus filhos, Deus. O que isto te proporciona? Mas ao mesmo tempo, voce nao encontra um tempinho para as oracoes da manha, para um livro interessante e construtivo ou uma passagem do Novo Testamento...

Se refletires o suficiente, vais entender que tudo isto eh uma fuga, um alibi ou algo do genero, que usamos para esquecermos nos proprios e nao pensarmos no sentido verdadeiro de nossas vidas. Como somos ajudados por todos os tempos esta nos sendo oferecido hoje? Sera que isto nos fala sobre grandes questoes existenciais: sobre a felicidade, a felicidade interna, sentido da vida, solidao, depressao, medo da nao-existencia?

Tantos pontos de interrogacao sao deixados no mundo, na alma de pessoas jovens - Sera que seus olhos nao nos fazem ponderar? Sentem eles fome pelo sentido da vida? Nao, seus olhos estao ocos, nao ha um pingo de alegria neles, da graca do Espirito Santo recebida no Batismo, mas que consequentemente foi queimada por alguma coisa. Sao olhares cansados. Sera que isto nao nos faz ponderar? Faz-nos dar um sentido a tudo, a dizer as criancas tudo sobre isto, sobre o que se encontra escondido por detras de tudo? Por que estao vivos, para onde vao, como conquistarao o vazio, o tedio e o reino da televisao no interior deles proprios

Voces, gentes e politicos, respondei aos adolescentes, por que estao tao tristes quando voltam pra casa de uma festa? Voces que falam sobre salario, sobre seguro, que expressam sua opiniao sobre tudo, cheguem junto de seus filhos, que tem dinheiro em seus bolsos e o terao ainda, mas que apesar disto, ao retornar da festa ou de outra celebracao qualquer, sente um vazio em sua alma e pergunte: "Por que estou triste? Por que estou deprimido? Por que nada me traz satisfacao? Por que estou fazendo tudo, mas nao consigo sentir alegria? Por que esta faltando alguma coisa e eu nao consigo saber o que eh? Por que sinto constantemente tedio e certa nostalgia?"

Quando todas estas questoes terao uma resposta? E enquanto isso voce esta prometendo salvar o mundo, vai tomar horas diante da TV para desenvolver suas ideias; aquilo que voce fala eh muito importante.

Entao, o que deve ser feito? Precisamos refletir e olhar para nos mesmos, como num espelho; para dentro de Cristo e nao para o interior da mentalidade deste mundo, e so assim vamos ver que tudo esta em ordem.  Mas existe um conjunto de criterios no mundo que vao lhe dizer que voce esta indo bem, enquanto existe um outro diferente na vida em Cristo. De acordo com o mundo, eu sou um insano - talvez voce tambem, a partir do momento que dizemos a mesma coisa...Hoje a epoca esta dizendo uma coisa, e nos outra. Sera que isso eh loucura? OK. Mas esta loucura esta nos deixando viver e interpretar a vida corretamente, estamos de pe e sofrendo de pobreza, uma perda de prazeres mundanos, e podemos vencer a morte.

E o que fazemos com a morte? "Bem, havera aposentadoria!" Tudo certo, voce vai ter aposentadoria, mas o que vai acontecer depois da aposentadoria? Quem vai te falar de pos-aposentadoria? Quem vai te falar sobre a morte, que vira com certeza? Ou, entao, talvez nao acreditamos nisso, e nao aceitamos a morte? Este problema eh concluido pelo nossa admissao de que nao temos fe, somos ateistas e vivemos sem Cristo em nossas vidas. E neste caso eh normal para as pessoas fazerem o que fazem: panico, ser unilateral, aceitar somente solucoes politicas e economicas aos problemas. Tudo isto eh natural nesta atmosfera nao natural em que Cristo esta ausente.

Por exemplo, na TV eles falam: "Cuidemos dos jovens, queremos que eles se divirtam, que sejam felizes!" Boas palavras, nao? Entao os jovens devem se divertir, serem felizes, obterem algo - mas me explique o significado destas palavras. O que quer dizer "entao os jovens devem ser felizes"? "Qualidade de vida". O que significa qualidade de vida?

Ouvi recentemente que a cidade organizou um centro para jovens. Voce cai ao teatro e ve pequenas paixoes, vicios, enganos. Isso eh qualidade? Entao os jovens devem se juntar e organizar um jogo - mas que qualidade de vida esta realidade esta oferecendo a eles?

Tudo esta caminhando para esta direcao. E nos, homens de fe em Cristo, devemos ao menos estar cientes de nossa condicao, converter nossa raiva em oracao e auto-critica. Nao repreendamosa os outros, mas nos proprios, dizendo: "Somos culpados, porque se fossemos verdadeiros cristaos, se tivessemos paz e boas obras em nossas vidas e influenciado o mundo como poderiamos, entao a atmosfera na sociedade e em nossas vidas pessoais seria muito melhor".

pelo Arquimandrita Andre Konanos

Nenhum comentário:

Postar um comentário