quarta-feira, 21 de junho de 2017

A loucura dos nossos tempos - parte 01


Ao assistirmos as noticias, escutar o radio, etc... vemos que nossa vida esta se tornando cada vez mais dificil. "Existe um tipo de inferno em torno de nos", muitas pessoas dizem. Ao vermos as noticias ficamos simplesmente mal. Ouvimos os acontecimentos proximos a nos mesmos e nos espantamos a tal ponto de nos perguntarmos: "Para onde estamos indo? Por que levamos este tipo de vida? Sera que nao poderia ser diferente? Nao poderia ser como o Paraiso?"

Poderia ser como o paraiso. Deus nos criou para a alegria, e nao para o sofrimento. Deus nos trouxe a este mundo nao para fazer de nossa vida um inferno latente, mas antes para que possamos levar uma vida calma, quieta, alegre e criativa. Assim podemos viver ativa, mas ao mesmo tempo, humildemente e de forma pacifica. Podemos ter nossas obrigacoes diarias, boas ocupacoes, familia, amigos, parentes, algo de significativo, modesto, amavel... Quem nao sonha com isso? Nossa vida, todavia, eh completamente o contrario: extremamente tensa, dura, completamente exaustiva, ver podre. Quer dizr, nos conduz a doenca, a acoes prematuras e isto nao sabemos como vai terminar.

Sabemos atraves do Evangelho e da Revelacao que desde que Cristo nos acompanha, o mundo vai de mal a pior. Isto esta muito obvio para nos. Mas apesar disto buscamos outra explicacao de eventos - cientifica, politica, geo-politica, sobrenatural. Sim, mesmo ate sobrenatural, oculta, nem mesmo aceitamos as divinas explicacoes, ensinadas pela Igreja e por Cristo.

Metade da Grecia esta queimando em fogo, mas quem toma isto como um chamado ao arrependimento? Somente poucos cristaos. O outro ato num modo mundano, quer dizer, com certeza, sem males levando em consideracao que realmente deve-se dar uma nova casa ao homem que perdeu sua casa pelo fogo, e dar comida aquele que tem fome. Isto eh verdade, mas saiba o que Sao Cosme de Aitolia dizia? "Ao dares comida para uma crianca, coloque um icone de Cristo em frente dela, para aprender a conectar a comida com Deus, e diga-lhe: "Meu pequenino, esta comida que estas a comer nao eh minha. Meu Deus foi quem me deu! Deus me deu saude, e eu trabalho, Deus nos deu comida e nos comemos. Sua mae prepara uma refeicao para voce, mas Deus nos deu a chuva, e a terra as sementes"...

Tudo no mundo esta conectado. Tudo esta cristianizado na graca de Deus, e a tudo podemos dar uma interpretacao cujo centro eh Cristo, la quando Cristo se encontra no centro e quando tudo eh conduzido por Cristo. Quando desperdicamos e nao compreendemos a mensagem enviada por Cristo em nossas vidas,  e nos tornamos furiosos, e ate menos responsaveis, revoltados contra Deus... o que acontece entao?

Nossa vida pode ser extremamente bela. As promessas de Deus sao claras. No Antigo Testamento, Ele diz: "Se Me ouvires, desfrutaras de tesouros terrestres e de tudo em vossas vidas sera abencoado! Vossas vidas serao como o paraiso, um verdadeiro prazer, verdadeira docura! Se nao deres ouvido as Minhas palavras, a espada vos espera, matarao uns aos outros, engolirao uns aos outros" (cf. Lv. 26).
Se o Senhor nao estiver presente em nossas vidas enquanto fator principal, se Ele nao entrar em nossa mente e controlar nossos atos, pensamentos, decisoes, se nao deixarmos que Ele governe o leme indomavel de nosso "eu", que livra nosso egoismo, se o Senhor nao entrar enquanto governador em meu lar, pais, parlamento - se isto nao acontecer, sera impossivel manter o equilibrio.

A vida humana sem Cristo eh governada por instintos, a logica do absurdo, um faminto por proveitos, a lei da selva, em que o mais forte quer destruir e desmembrar o mais fraco...Se nao houver Deus para ti, quem podera dar sentido a tua vida e dizer o que eh bom e o que eh mal, tudo se torna relativo. "Tudo eh diferente para pessoas diferentes, para ti isto eh mal, para mim eh bom!", como dizem algumas pessoas.

Sem Cristo nao existe criterio comum, chao comum, nao ha ideal com um objetivo concreto diante de nos o qual queremos alcancar, nao existe pessoa que queiramos personificar. O que eh esta pessoa, este ideal que a epoca contemporanea deseja criar? O ideal do homem contemporaneo eh o seguinte: um extrovertido, super ativo, mas ao mesmo tempo uma pessoa profundamente depressiva, que nao ve um sentido nem um objetivo, nao tem futuro, nao sabe nem para onde vai, nem de onde vem e como vai viver.

Tudo isto eh estranho a Igreja. Na Igreja existem diferentes ideiais, um prisma diferente da vida, uma experiencia diferente. Nem todos os cristaos a experimentam, poucos apenas, mas o objetivo eh que o fermento venha a afetar o resto do mundo, trazendo entendimento da absurdidade da vida sem Cristo.
O mundo se encontra constantemente em estados de falta de esperanca, e buscando solucionar tais estados, cria novos. Assim, nunca vamos adquirir paz. Com isso, quando o fogo arrebenta, a catastrofe acontece, um tremor de terra, eh bom cuidar do externo, usar a ciencia e a tecnologia, mas tambem buscar um significado mais profundo nos acontecimentos.

pelo Arquimandrita Andre Konanos

Nenhum comentário:

Postar um comentário